ReSPES - banco de dados italiano de intervenções de saúde pública

O Instituto Nacional Italiano para o Promoção de saúde de Populações Migrantes e de Combate às Doenças da Pobreza (INMP) lançou um banco de dados de boas saúde, denominado ReSPES (italiano: Repertorio degli interventi di Sanità pubblica orientati all'Equità nella Salute; Inglês: Diretório de intervenções da Saúde Pública orientada para a Equidade na Saúde). Inclui projetos ativamente engajados na eliminação de qualquer barreira ao acesso aos serviços e qualquer discriminação no direito à saúde, aumentando assim equidade em saúde.

O Diretório responde a três necessidades estratégicas do Serviço Nacional de Saúde:

  1. promover a adoção de objetivos, métodos e técnicas orientados para a equidade na concepção e implementação de intervenções de saúde pública
  2. incentivar o aumento da qualidade dessas intervenções, tanto em termos de redução as desigualdades na saúde, e em termos de eficácia na prevenção e combate aos fatores de risco
  3. direcionar os recursos disponíveis para o financiamento de intervenções de saúde pública que tenham boas chances de impacto positivo, evitando a sua dispersão, graças à disponibilidade de informação organizada e verificada não só sobre a dimensão da eficácia das intervenções, mas também sobre a sua sustentabilidade e transferibilidade para outros contextos

Encontre o banco de dados aqui. 

Tipo
Práticas e bancos de dados de práticas, pesquisa
tema
Envelhecimento, Ambiente construído (habitação, transporte, planejamento urbano), Doenças transmissíveis, Digital, ehealth e mhealth, digitalização, alfabetização em saúde, Emprego, saúde ocupacional, educação de adultos, emprego jovem, Meio ambiente, mudança climática, Segurança financeira, proteção social, social inclusão, acesso a cuidados, pobreza, financiamento e financiamento, governança, saúde em todas as políticas, economia de bem-estar, avaliação de impacto na saúde, desenvolvimento sustentável, grupos que experimentam vulnerabilidade: mulheres, minorias étnicas, LGBTI +, migrantes, deficiência, sistemas e serviços de saúde , atenção primária à saúde, sistemas integrados, serviços de prevenção, força de trabalho em saúde, Saúde materna, pré-natal, condições da infância, saúde do adolescente, educação, Saúde mental, dependência, Doenças não transmissíveis, álcool, nutrição, obesidade, câncer, tabagismo , atividade física
País
Europa, itália
Nível
Europeu, nacional


Voltar ao banco de dados